Estrela

Gilberto Gil


De surgir
Uma estrela no céu cada vez que ocê sorrir

De apagar
Uma estrela no céu cada vez que ocê chorar

O contrário também bem que pode acontecer
De uma estrela brilhar quando a lágrima cair
Ou então de uma estrela cadente se jogar
Só pra ver a flor do seu sorriso se abrir

Hum
Deus fará
Absurdos, contanto que a vida seja assim
Sim
Um altar
Onde a gente celebre tudo o que Ele consentir


© Gege Edições / Preta Music (EUA & Canadá)

ficha técnica da faixa:
arranjo: Gilberto Gil
voz, violão e guitarra: Gilberto Gil
baixo, programação de ritmo e teclado: Liminha
tablas, congas, triangulo, caxixi e ovos de fada: Marcos Suzano
teclado: William Magalhães
moringa: Gustavo De Dalva

Outras gravações:
"Novelas acústico", Anna Luisa, Deck Disc
"Para ouvir", Caçulinha, SIGLA
"Emílio Santiago", Emílio Santiago, Som Livre
"Brasil Branconegro", Grupo Tom da Terra, CPC UMES
"O maior amor do mundo", instrumental, Gege Produções
"Padre Antônio Maria com vida", Padre Antônio Maria e Simone, independente
"Gil e Caetano em Cy", Quarteto em CY, CID

BRWMB9701142