sem título

Gilberto Gil

Quanta gente veio ver é um disco pop, pluralista, com pitadas de jazz e regionalismo baiano...
A gravadora enfrentava problemas em lidar com um disco complexo (Quanta, de 97), relativamente hermético, que falavade física quântica. Era um novelo, uma novela. Um disco caro, que havia extrapolado o orçamento e foi depois condensado num CD simples, com 12, 13 músicas, muito por iniciativa deles, com a minha aquiescência silenciosa. Quando se estava tentando solucionar as dificuldades criadas, logo em seguida eu gravei por conta própria, com patrocínio da IBM, o disco ao vivo. A gravadora apenas autorizou que se fizesse e deixou na prateleira...
O Paulo Junqueiro (produtor) ouviu a gravação e ficou encantado. Sentou e foi mixar o disco. Fez um trabalho de joalheiro, revelando um material maravilhoso.

Encarte da "Caixa Palco"

Marcelo Fróes

Imediatamente após o lançamento do CD duplo "Quanta" em abril de 1997, Gilberto Gil deu início a mais uma longa turnê. Desde os anos 80, um novo trabalho autoral não tinha uma agenda tão cheia. O sucesso dos singles"sem disco" "Guerra Santa" e "Pela Internet", lançados respectivamente em janeiro de 1996 e janeiro de 1997, com certeza havia contribuído para a grande expectativa por "Quanta", ainda mais quando o disco foi anunciado como um CD duplo. A turnê de "Quanta" foi iniciada com temporadas no Palace (SP) e no Canecão (RJ), após o que Gil caiu na estrada pelo interior paulista e fez sua tradicional excursão internacional de meio de ano.

Na volta do circuito americano-europeu, Gil resolveu gravar o show para disco. A WEA tinha lançado "Quanta" há apenas três meses e não achava a idéia viável. Paulo Junqueiro, então diretor artístico, viajou para acompanhar os trabalhos de outros artistas da companhia em Nova Iorque e, na volta, no final de agosto, ficou bastante surpreso. "Gil ligou e me perguntou quando eu gostaria de ouvir o novo disco", lembra. "Agora mesmo!", foi a resposta, após o que, encantado com a mixagem de monitor que ouviu na casa de Gil, Paulo resolveu finalmente convencer a diretoria da gravadora.

"Foi uma coisa engraçada esse disco", lembra Gil. "Caetano e todo mundo falava que eu deveria fazer um disco ao vivo daquela turnê, então Flora (mulher e produtora de Gil) resolveu gravar. Alugamos equipamento, marcamos teatro e fizemos duas noites de show!." Gravado entre 13 e 14 de agosto de 1997 no Teatro João Caetano, Quanta Gente Veio Ver foi finalmente mixado para lançamento em dezembro. "Nós marcamos o estúdio Mega, para o Gil gravar um single de carnaval com Lulu Santos e João Donato, e eu – incumbido por ele de mixar o disco ao vivo – realizei o trabalho numa sala anexa", lembra-se Junqueiro – que chegou a marcar uma sessão com Gil e sua banda para que eventuais erros pudessem ser consertados. Depois de ouvirem tudo juntos, concluíram que nada precisavam mexer e o disco foi mixado em 8 de dezembro de 1997, para ser lançado para o carnaval de 1998.

Como bônus do CD viria um CD single intitulado "Bônus de Carnaval", trazendo três músicas gravadas para o carnaval de 1998 – duas com Lulu Santos (Doce de Carnaval e Lamento de Carnaval) e uma com João Donato (Pretinha). Naquele carnaval Gil comandaria um trio elétrico cheio de convidados, que iam de Milton Nascimento a Carlinhos Brown, abrindo caminho para que esta festa se tornasse algo tradicional em sua agenda a partir de então. Na volta do carnaval, Gil gravaria outro single comemorativo: Balé da Bola, distribuído como brinde por grandes jornais às vésperas da Copa 98, que Gil acompanhou pessoalmente em Paris – fazendo inclusive concorrida temporada com convidados no Olympia.

A versão internacional do disco – intitulada "Quanta Live" – acabou não trazendo as faixas bônus, sendo portanto um CD simples. Mas nem por isso perdeu força... e, na verdade, foi através deste lançamento internacional que Gilberto Gil conquistou um Grammy de world musicem fevereiro de 1999.

"Eu adorei o Grammy por causa desse disco ter sido totalmente meu", comenta Gil. "É uma produção minha, os shows foram gravados em Adat! Eu gostava do show e gostei de ganhar um Grammy com um disco ao vivo, porque me representa mais nitidamente! Eu nunca vou pra estrada para tocar o que fiz no estúdio! Só "Unplugged" foi assim, porque o disco já era ao vivo e o repertório foi respeitado!"

O repertório de Quanta Gente Veio Ver traz 7 faixas extraídas de "Quanta", mas na verdade oferece 8 pérolas – algumas mais curiosas que as demais. Podemos destacar a faixa de "Introdução", que nada mais é que a abertura de Palco improvisada pelo baixista Arthur Maia – enquanto que Is This Love e Stir It Up já anunciavam que, quase vinte anos depois de Não Chore Mais, Gil ainda tinha muito o que fazer com a obra de Bob Marley. Cérebro Eletrônico, redescoberta por Gil na onda cibernética que havia culminado com Pela Internet no ano anterior, soa mais atual do que nunca, ao passo que a versão de Gil para Copacabana mata a saudade somente de quem o ouviu cantando a música no show de lançamento de "Parabolicamará" na Praia de Copacabana, em janeiro de 1992.

Junho, 2002