Assim, sim

Gilberto Gil

Se eu virar o cão
Diz pra mim que assim, não
Se eu chegar mansin
Diz pra mim que assim, sim
Se eu descer a mão
Diz pra mim que assim, não
Se eu fizer carin
Diz pra mim que assim, sim

Me diz assim, não, quando eu chego reclamando, resmungando, espinafrando, nega
Espinafre cru
Me diz assim, sim, quando eu chego
calmamente, docemente, simplesmente, nega
Suflê de chuchu (ou caruru)
Ocê vai me comer, vai me saborear…

Me diz assim, não, quando eu chego muito cedo, meio amargo, meio azedo, nega
Casca de limão
Me diz assim, sim, quando eu chego muito tarde, amolecido, já com ar de bobo
Creme de mamão (que tentação)
Ocê vai me comer, vai me saborear…


© Gege Edições / Preta Music (EUA & Canadá)

ficha técnica da faixa:
voz, violão, violão Sadowsky e guitarra: Gilberto Gil
cavaquinho, guitarra, banjo, guitarra baiana, sitar e viola de 12: Sérgio Chiavazzoli
percussão e Handsonic: Gustavo di Dalva
baixo: Arthur Maia
coro: Angela Lopo
zabumba, percussão e coro: Jorginho Gomes
violino e rabeca: Nicolas Krassik
acordeom: Toninho Ferragutti
coro: Tita Alves

BR-GPG 10 00007