Maria minha

Targino Gondim
Eliezer Setton

Maria minha
Sai dessa cozinha, o café pode esperar
Vem ficar na rede que eu armei
pra nós se amar
Vem se balançar
Brincar de vai-e-vem

Maria minha
Vem que eu tô disposto a te fazer feliz
Vem que eu faço gosto como sempre fiz
Vem, minha rainha
Diz que eu sou seu rei

Vem, vida minha
Em minha vida vem reinar
Vontade minha
É vontade de te agradar

E como o fim da linha nem sempre é ponto final
O amor de todo dia é o mesmo sem ser igual

Também com tanto dengo, com tanto chamego
Te peço, Maria minha, não me dê sossego


© Gege Edições / Preta Music (EUA & Canadá)

ficha técnica da faixa:
voz, violão, violão Sadowsky e guitarra: Gilberto Gil
cavaquinho, guitarra, banjo, guitarra baiana, sitar e viola de 12: Sérgio Chiavazzoli
percussão e Handsonic: Gustavo di Dalva
baixo: Arthur Maia
coro: Angela Lopo
zabumba, percussão e coro: Jorginho Gomes
violino e rabeca: Nicolas Krassik
acordeom: Toninho Ferragutti
coro: Tita Alves

BR-GPG 10 00013