Esotérico

Gilberto Gil

Não adianta nem me abandonar
Porque mistério sempre há de pintar por aí
Pessoas até muito mais vão lhe amar
Até muito mais difíceis que eu pra você
Que eu, que dois, que dez, que dez milhões
Todos iguais

Até que nem tanto esotérico assim
Se eu sou algo incompreensível
Meu Deus é mais
Mistério sempre há de pintar por aí

Não adianta nem me abandonar
Nem ficar tão apaixonada, que nada!
Que não sabe nadar
Que morre afogada por mim


© Gege Edições / Preta Music (EUA & Canadá)

ficha técnica da faixa:
voz e violão: Gilberto Gil
voz e violão: Caetano Veloso

Outras gravações:
"Gal", Gal Costa, Polygram
"Songbook Gilberto Gil", Kid Abelha, Lumiar
"Pura filosofia", Maria Bethânia e Gal Costa, Som Livre
"Luau", Rafael Greyck, Albatroz
"Alexandra scotti canta gal costa", Alexandra scotti, Alexandra scotti, 2015/11
"Serie sem limite cd 2", Bethania/gal/caetano/gil serie, Universal, 03/2001
"Dois amigos, um século de música", Caetano veloso & gilberto gil dois, Sony music entertainment brasil ltda, 2015/10
"Doces bárbaros 1", Caetano veloso, gal costa, gilberto gil e maria bethânia, Universal music ltda., 2011/04
"Doces bárbaros III{ao vivo}", Caetano veloso/gal costa/gilberto gil/maria bethânia, Universal, 2003
"Mpb - os melhores da mpb", Doces bárbaros, Globaldisc indústria de cd’s e dvd’s ltd, 2011/10
"Doces bárbaros", Doces bárbaros, Sarapui/quitanda, 2007
"Gal ", Gal costa, Polygram, 1994
"Gal costa 40 anos", Universal, 2005
"Caetano veloso e gal costa - domingo - jewel case, Gal costa, maria bethânia, gilberto gil e caetano veloso, Universal music ltda., 2010/09
"Doces barbaros", Gil/gal/caetano/bethania, Philips, 1976
"Bandadois", Gilberto gil, Gege produções artísticas ltda, 2009/10
"Caixa a conspiração de gilberto gil - cd bandadois", Gilberto gil, 2010
"A gente precisa ver o luar", Gilberto gil, Lumiar, 1990
"Luar", Gilberto gil, Polygram, 1998
"Serie melhor de dois", Gilberto gil, Universal, 2000
"Um banda um", Gilberto gil, Warner music
"Acoustic", Gilberto gil, Warner music,, 2002
"Gilberto gil no palco - nova série", Gilberto gil, Warner music, 2007
"E-collection disco 1", Gilberto gil, Warner music, 2000
"Acustico", Gilberto gil, Warner music, 2001
"Vida", Gilberto gil, Warner music, 1984
"Unplugged", Gilberto gil, Warner music, 2002
"Projeto especial mpb - o boticario", Gilberto gil, Warner music, 2001
"Bandadois", Gilberto gil, Warner music do brasil ltda.
"Le troubadour du brésil", Gilberto gil, Warner music france, 1997
"20 grandes sucessos de gilberto gil", Gilberto gil-caetano-gal-bethania, Polygram, 1998
"Barato total - elas cantam gilberto gil", Kid abelha, Globo comunicação e participações s.a., 2008/10
"Songbook gilberto gil 2", Kid abelha, Lumiar, 1992
"Warner 30 anos", Kid abelha, Warner music, 2006
"Para gil e caetano", Margareth menezes, Canal brazil s/a, 2014/09
"Millennium", Maria bethânia com gal, caetano e gil, Universal, 2004
"Pura filosofia", Maria bethania e gal costa, Som livre, 2000
"Maria bethânia - raridades anos 60 e 70", Maria bethânia e gal costa, Universal music ltda., 2011/02
"Outros bárbaros", Maria bethânia, caetano veloso, gilberto gil, gal costa, Sarapui, 2003
"Doces barbaros 2 - caixa caetano veloso", Maria bethânia-caetano veloso-gilberto gil-gal costa, Universal, 1999
"Orlando moraes - 07 vidas - caras", Orlando moraes, 2012/05
"A vida da gente", Paula toller, Globo comunicação e participações s.a. -, 2011/09
"Luau", Rafael greick, Bossa58, 2006
"Cd roberta brasil", Roberta brasil, Roberta brasileiro henriques, 2013/02
"Piano bar (nacional)", Rodrigo braga
"Piano bar (nacional cd 2)", Rodrigo braga, Música fabril estúdios ltda, 2011/09
"Pra que servem os cataventos", Vício primavera, Michel nogueira alves da silva, 2011/09


"Uma tentativa de transpor a idéia do mistério divino, místico-religioso, para o campo do amor terreno; de desmistificar e humanizar a categorização do esotérico como algo inatingível, colocando-o como inerente à nossa natureza, à complexidade de nosso afeto. O ímpeto da canção nasceu da vontade de falar do sentido esotérico das coisas através de algo que fosse demasidamente humano como é a relação amorosa entre duas pessoas - não deixando, no fim, de remeter a questão para a divindidade (qualquer mistério está aquém do mistério do criador)."
BRGPG-15-00024