Nos 50 anos de carreira de Caetano e Gil, Fantástico exibe especial com a dupla

Para antecipar as comemorações dos 50 anos de carreira de Caetano Veloso e Gilberto Gil, o programa “Fantástico”, da Tv Globo, fez um bloco especial com a dupla. Os dois começaram a carreira praticamente juntos, em 1965 — o marco oficial é o espetáculo “Arena Canta Bahia”, que estreou em setembro daquele ano no Teatro Arena, em São Paulo, com direção de Augusto Boal e a participação de Tom Zé, Maria Bethânia, Gal Costa e Jards Macalé.

Em palco montado especialmente para a dupla, os dois falaram sobre o início da carreira: Caetano lembrou que aprendeu a tocar violão com Gil, que respondeu dizendo que Caetano sempre foi um irmão para ele, “o irmão que eu não tive”. Cantaram juntos as músicas “Esotérico”, “Coração Vagabundo” e “São João, Xangô Menino” e citaram momentos marcantes que viram nos 50 anos da TV Globo: Caetano disse não se esquecer da cena em que Sonia Braga, na pele de Gabriela, sobe o telhado para provocar Nacib, em “Gabriela”, de 1975. Gil contou que era fã dos programas do Chacrinha.

Os dois também falaram sobre as manifestações que têm acontecido pelo Brasil:

— Eu fico vendo esse pessoal pedindo a volta da ditadura... Esse pessoal não sabe de nada. Isso foi uma porcaria, uma porcaria — criticou Caetano.

A celebração oficial dos 50 anos de carreira da dupla será no segundo semestre do ano, com um show dos dois que vai sair em turnê pelo Brasil, por 11 países da Europa e Israel.



in O Globo - Revista da TV , 26.04.2015
2016 registros:  |< < 1 2 3 4 5 6 7 8 > >| 
 
2009 © Gege Produções Artísticas Refazenda fez